Jesper Dyrehauge

De 14 Abril 2016 a 21 Maio 2016

Jesper Dyrehauge -

Anita Schwartz Galeria de Arte apresenta a primeira mostra individual no Brasil do artista dinamarquês Jesper Dyrehauge (1966). Com curadoria de Aukje Lepoutre Ravn, a mostra conta com 22 obras inéditas, incluindo 12 telas produzidas no Rio de Janeiro, e dez fotografias.

Durante a última década Dyrehauge desenvolveu um método único e uma filosofia artística que busca desafiar as convenções da pintura tradicional. Usando cenouras perfeitamente cortadas como “pincel” Dyrehauge carimba suas telas de linho cru com monocromáticos pontos de cor em meticulosas grades. Por meio de nenhum outro instrumento de medição além de seus olhos, sua memória visual e uma técnica de aplicação rigorosa e iterativa, Dyrehauge cria formas e camadas em suas telas com um padrão de pontos expansivos, variando apenas ligeiramente em cor e composição, mas permitindo que cada trabalho emane uma sensação de exclusiva individualidade.

O título da exposição, o símbolo “~”, vem do latim, e se refere a algo “similar” ou “de mesma magnitude”, e, em inglês, significa “proximidade”. Dyrehauge direciona nossa atenção para o poder transformador do ato de repetição. Cada obra exala um senso de tranquilidade e ordem dentro do campo de cor, enquanto que, simultaneamente, justapõe uma constante relação flutuante entre ordem e desordem, balanço e contrabalanço. Dentro deste método, Dyrehauge atinge um estado de paradoxos visuais idiossincráticos.

“Carimbar com cenoura é um método para escapar das hierarquias e narrativas da pintura tradicional, e que permite que imprevistos e sutis padrões emerjam do trabalho”, explica o artista. “Ao permitir que elementos do acaso, do erro e do humor penetrem em meu trabalho, eu posso propor a possibilidade da pintura existir em um estado muito mais fluido, não categorizado e não hierárquico – um estado ´no meio de´."

Jesper Dyrehauge (1966) nasceu na Dinamarca. Vive e trabalha em Berlim e Dinamarca. Formou-se na Art Academy of Jutland, em Aarhus e na Gerrit Rietveld Academie, em Amsterdam, em 1999. Entre 2011 e 2015, Dyrehauge dirigiu o espaço de exposição 'Die Raum', em Berlim, juntamente com Lotte Møller.

Você pode baixar o catálogo digital da exposição aqui:  

https://issuu.com/anitaschwartzgaleriadearte/docs/jd_catalog_issuu

 

 

Compartilhe:   twitter   facebook   Indique este evento  

Artistas relacionados


© Anita Schwartz Galeria de Arte. Todos os direitos reservados.

Rua José Roberto Macedo Soares 30, Gávea - Rio de Janeiro RJ - Brasil

Tels.: (21) 2540 6446 e 2274 3873 | galeria@anitaschwartz.com.br